Páginas

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Luto: Faleceu Dr. Arnaldo de Medeiros Júnior.


Faleceu na noite deste domingo (18), na cidade de Garanhuns, o Biomédico Dr. Arnaldo de Medeiros Júnior, neto do Sr. Francisco Gonçalves de Melo e filho de Arnaldo e Maria Josedite.

Arnaldo Júnior encontrava-se internado na UTI do Monte Sinai devido a doença esclerose lateral amiotrófica (ELA). 

O corpo será velado até as 11h na Funerária Suissa, de onde o cotejo fúnebre seguirá até a capital pernambucana, onde acontecerá o sepultamento.

Nota do Blog:

Neste domingo perdi um amigo, de adolescência, que residia há época em Recife, e quando tinha férias e oportunidade, vinha visitar seus familiares e amigos em Bom Conselho, onde sempre jogávamos futebol na AABB da cidade, seu esporte favorito, e quis o destino que a "ELA" fosse descoberta a partir de uma partida de futebol. Arnaldo formou-se em Biomedicina, iniciando suas atividades nas cidades de Lagoa do Ouro e Bom Conselho, onde posteriormente montou seu laboratório, com muita garra e esforço na cidade de Garanhus. E nesta triste noite de domingo, o Pai Eterno o levou para descansar ao seu lado. Um grande amigo que sempre estará em nossos corações. Que Deus em sua infinita bondade, conforte os familiares neste momento de dor e perda irreparável.

A doença:
A esclerose lateral amiotrófica (ELA), também designada por doença de Lou Gehrig e doença de Charcot, é uma doença neurodegenerativa progressiva e fatal, caracterizada pela degeneração dos neurônios motores, as células do sistema nervoso central que controlam os movimentos voluntários dos músculos, e com a sensibilidade preservada.

Trata-se de uma doença que acomete o sistema nervoso, até o momento irreversível, que incapacita o portador à medida que avança. A pessoa sente dificuldades de se locomover, comer, falar; perde habilidade dos movimentos, inclusive das próprias mãos, não consegue ficar de pé por muito tempo pois a doença acaba por afetar toda a musculatura.

É preciso que o paciente a partir de um determinado estágio da doença, seja acompanhado de perto por outra pessoa em função da incapacidade de executar as suas tarefas rotineiras. Como a doença não afeta as suas capacidades intelectuais, o paciente percebe tudo que acontece a sua volta, vivencia, por isso, lucidamente a doença e a sua progressão, havendo porém dificuldades de comunicação com outras pessoas, caso já exista comprometimento dos músculos da fala.


A doença ficou mais conhecida com a “desafio do balde de gelo”, uma campanha nos EUA que desafia qualquer um a jogar um balde de água gelada na cabeça ou doar US$ 100 para a ALS Association, organização sem fins lucrativos que arrecada fundos para pesquisa e ajuda pacientes com esclerose lateral amiotrófica.

Um comentário:

  1. Nossos sinceros sentimentos de pesar a toda família de Arnaldo Junior, especialmente a sua mãe Josedite, que ele seja recebido pelo pai celestial de braços abertos, e que Deus na sua infinita bondade conforte a toda família. Ananás e Gorette.

    ResponderExcluir