Páginas

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Sedentarismo mata duas vezes mais do que a obesidade.



É o que revela um estudo realizado durante 12 anos, com mais de 300 mil pessoas, na Europa. Os especialistas da Universidade de Cambridge registraram 676 mil mortes por ano por falta de atividade física, enquanto as mortes por excesso de peso totalizaram 337 mil. Eles avaliaram os níveis de exercício e a circunferência das cinturas das pessoas. De acordo com os pesquisadores, pelo menos 20 minutos diários de caminhada rápida já fazem diferença. Eles explicam que o maior risco de morte precoce está ligado as pessoas classificadas como inativas, mesmo que tenham peso normal, sobrepeso ou sejam obesas. Para se ter uma ideia, os cientistas dizem que acabar com o sedentarismo na Europa diminuiria a taxa de mortalidade em cerca de 7,5%, enquanto eliminar a obesidade reduziria o número de mortes em apenas 3,6%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário