Páginas

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Greve Professores: Nota oficial da prefeitura de Saloá.



O Governo Municipal de Saloá, por meio da Secretaria Municipal de Educação, esclarece à população que a greve decretada nesta terça-feira (04) por apenas 43 dos 278 professores não é justa para com a população.

Segundo a secretária de educação Josevalda Cavalcanti, desde agosto deste ano a prefeitura atualizou o salário dos professores, pagando inclusive, o retroativo. Desta forma, o Governo de Saloá já paga o piso nacional da educação de base, no valor de R$ 1.697,00 para uma carga horária de 200 h/a conforme determina a Lei 11.738/2008. A secretaria de educação esclarece ainda que apesar dos 43 grevistas, os estudantes não ficarão sem aula. “Nós remanejamos os coordenadores pedagógicos e professores auxiliares para garantir que haja aula em todas as escolas. Os estudantes não serão prejudicados”. Destaca secretária Josevalda.

O setor jurídico da Prefeitura entende que a greve é ilegal e está tomando as providências cabíveis para ratificar o seu entendimento. Para maiores esclarecimentos sobre os valores pagos ao servidor público acessem o Portal da Transparência Municipal, no endereço: http://www.tecnosolutions.inf.br/transparencia/saloa/prefeitura


Nenhum comentário:

Postar um comentário